Quarta-feira: a odisséia

Trabalhos de escola são sempre deixados pra última hora, principalmente em semana de provas e se for em grupo. O que aconteceu foi: eu e mais cinco amigas (um é amigo, mas tudo bem) tínhamos um trabalho de Empreendedorismo para fazer, o qual envolvia ir a uma instituição, ajudar com algo, entrevistar o responsável e montar em forma de projeto. Não sei o que tem a ver com empreendedorismo, mas vamos lá.

Fizemos o trabalho na quarta-feira, sendo que a entrega era hoje, quinta-feira. Já tínhamos montado uma parte do trabalho falando sobre a instituição e tudo, só faltava visitar. No começo, planejávamos ir à Fundação Casa ajudar com o que fosse possível, mas não conseguimos contatar. Isso tudo cinco dias antes da data de entrega. Acabamos por escolher o Arsenal da Esperança, uma instituição que tem parceria com minha escola etc.

O problema era: QUANDO VAMOS???? Todos os dias eu tenho um compromisso, e, se eu posso faltar, alguém não pode ir. Cancelei logo minha aula de pilates e fui eu e mais três amigas de carro com minha mãe. Chegamos lá as 15h10, sendo que eu tinha agendado a visita para as 15h, mas tudo bem até aí. Fizemos a entrevista com o Ivan, ajudamos a tirar pó de caixas (sobre isso, um comentário: minha rinite está atacada até agora, basicamente) e resolvemos ir embora.

O Arsenal fica do lado do metrô Bresser-Mooca e essa, como praticamente toda estação de metrô, tem um ponto de ônibus. Problema 2: o ônibus saía as 18h20.. Ainda era 16h50. Ficamos um tempo conversando com o fiscal e ouvindo ele falar sobre a família dele e sobre a sua frustação de ser o único da família que não nasceu com olho azul e resolvemos pegar o metrô para descer na estação Vila Prudente e ir a pé até a escola. Compramos os bilhetes, vamos lá.

Eu não tenho o menor senso de direção, nem minhas amigas (uma delas nunca tinha andado de metrô…..), mas mesmo assim sugeri que pegássemos o metrô até a estação Tatuapé. Tudo bem.. Pegamos o metrô sentido Palmeiras Barra-Funda (comentário: me zoaram a tarde inteira porque eu disse que era Palmeiras Barra-Funda, e elas tinham certeza que era só Barra-Funda. Se foderam, no final das contas tinha palmeiras no meio sim.). Só percebemos duas estações depois que o certo seria Corinthians-Itaquera. Voltamos. Perguntamos aos guardinhas do metrô. Marina, a amiga teimosa (te amo, fia), queria porque queria descer na Vila Prudente, só que, para chegar até lá, ou nós teríamos que fazer quatro baldeações, ou pegar um trem até outra estação de metrô e pegar outro metrô. “MAS GENTE, VAMOS PEGAR ATÉ O TATUAPÉ E UM ÔNIBUS PRA CHEGAR NA ESCOLA, É MAIS FÁCIL E MAIS RÁPIDO. EU PAGO O ÔNIBUS PRA VOCÊS, NÃO TEM PROBLEMA!!!!”, eu insistia. Pegamos o maldito até o Tatuapé. Marina desceu no Belém (uma estação antes) porque a mãe dela trabalha numa clínica perto da estação.

(Quero falar aqui em off que pensei em fazer esse post quando soube que o ônibus ia demorar e fiquei pedindo pra elas tirarem uma foto comigo pra eu postar aqui, mas elas não tiraram. Post sem foto, de novo :/)

Eu, Gisele e Bruna chegamos no Tatuapé. Metrô lotado, e por lotado eu quero dizer: LOTADO, QUASE NÃO DEU PRA SAIR, quase. Pegamos o ônibus até a escola. Descobri, no caminho, que o ônibus parava na frente da minha casa, bem na frente. Liguei pra minha mãe, feliz da vida por não ter que andar até a escola, que estava chegando, mas pra minha surpresa ela não estava em casa e eu estava sem chave, o que significa uma coisa: fodeu. Eu tinha que terminar o trabalho e ainda estudar. Me hospedei na casa de uma amiga aqui do prédio até as 19h. Os acontecimentos do ônibus, por mais empolgantes que tenham sido, não podem ser revelados.

No final das contas, consegui fazer o trabalho, consegui estudar e ir bem na prova e consegui resolver meus outros problemas. Como toda boa história, aprendi uma lição: não saia de casa sem chave e carteira, cartão de crédito pode ser muito útil.

 

Espero ter outras futuras histórias de metrô ou coisa parecida pra postar aqui.

 

 

Beijos,

@juliamiozzo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s